sábado

da série: pequenas conclusões


Egon Schiele (sem título)

CONSOLO I

A culpa não
existe
E todo fim
é um começo

Nenhum comentário: