quarta-feira

Carta n.2


Diego Rivera, A vendedora de flores, 1942.


Querido Peter,
Tem uma luzinha brilhando.
Está vendo? Está vendo?

Nenhum comentário: