quarta-feira

É CLARO


É CLARO QUE VOCÊ SABE DO QUE EU ESTOU FALANDO
Miranda July
Trad.: Celina Portocarrero
Editora Agir

*

E então, ano passado, ganhei o livro. Li. Reli. Estou lendo pela terceira vez. São contos da fantástica Miranda July. A impossibilidade e a melancolia do ser-humano-mundo. Descritas com simplicidade, beleza e lirismo. Na realidade que é incômoda e da qual ninguém escapa. Ironia e graça da esperança quase perdida, quando não sabemos se ou quando a perdemos. O melhor: acaba sendo divertidíssimo.





‘Melhor de tudo, todas as pessoas que essa pessoa já amou estão ali. Mesmo as que foram embora. Elas apertam a mão dessa pessoa e dizem a essa pessoa como era difícil fingir estarem furiosas e sair dirigindo e nunca mais voltar. Essa pessoa quase não consegue acreditar, parecia tão real, o coração dessa pessoa foi partido e se curou e agora essa pessoa mal sabe o que pensar. Essa pessoa está quase louca. Mas todos acalmam essa pessoa. Todos explicam que aquilo era absolutamente necessário para que se soubesse como essa pessoa era forte.’

Do conto ‘ESSA PESSOA’.

Um comentário:

Violet Scott disse...

querida july.
sempre.
beijos. VS.