sexta-feira

1001 RECEITAS ESTÚPIDAS


Que ideia é essa?

Exatamente como te disse: receitas que não dão certo.

E qual a utilidade?

Veja bem: existem livros de receitas. Receitas boas e saborosas. Receitas fantásticas. O meu é de receitas ruins, que você jamais, nunca deve tentar fazer, porque não vão dar certo. Tem combinações de ingredientes que não devem ser feitas em hipótese alguma.

E?

Imagina só: a pessoa está doida pra comer suflê de manga. Mas não acha a receita em lugar algum, porque isso não se faz, fica horrível. Suflê de manga é a especialidade do meu livro. É. Uma das primeiras receitas.

Mas daí a pessoa encontra a receita no seu livro, uma receita que ela quer e nunca encontra. O que ela vai fazer? Eu acho que a primeira coisa é tentar fazer o suflê.

Aí que você se engana. Não leu o título do livro não? A pessoa vai ver que tem o suflê lá e vai desistir.

Mas qual o interesse de fazer pessoas desistirem?

É fazer pessoas não perderem tempo. Não é bem fazê-las desistir, mas não insistirem.

Mas e se a pessoa fizer a receita?

Nada de mal acontecerá. A receita vai ficar horrorosa, o marido vai xingá-la, os filhos vão cuspir de volta no prato, as visitas vão comer por educação, com caras constrangidas. Podem até elogiar, mas, no fim, ela mesma verá que não valeu a pena perder tanto tempo. Em geral, as receitas mais demoradas são as que ficam mais ruins.

E então quando a pessoa que comprar o livro perceber que as receitas são ruins, vão jogar fora, vão desfazer-se do livro. Os sebos ficarão abarrotados, cheios dos seus livros.

Não não não. Coisas ruins, experiências ruins, são inesquecíveis. E os seres humanos, curiosos e alimentadores de seus males, conservam esse tipo de experiência. Os livros ficarão guardados nas gavetas de receitas das donas&donos, ou mesmo na mesinha de centro, enfeitando suas salas, o projeto gráfico será incrível. Mas se forem para os sebos, também, não é mal, porque as receitas ruins serão disseminadas e assim ninguém mais perderá tempo com elas.

E se alguém fizer uma receita do seu livro e ficar bom?

Não dá. Isso é impossível.

Milagres acontecem.

Não, milagres não acontecem. Acidentes acontecem.

E se, por ACIDENTE, uma receita ficar boa?

Aí não seria acidente, acidentes são ruins.

... é.

Voltando ao assunto do livro... você acha mesmo que esse título é vendável?

Acho que é curioso, pessoas gostam de coisas curiosas.

E se mudássemos para algo mais otimista?

O livro não é otimista... quer dizer, pode até acabar sendo... tem aquelas teorias todas dos opostos... mas ele é pessimista por natureza.

E por que tanto pessimismo?

Não faz sentido ser otimista após os 30.

Hm.

Ah, eu acho, sei lá.

Você já tentou fazer alguma receita do livro?

Não, ué. Não vou perder meu tempo.

Mas você as escreveu, não?

Sim, mas escrever demora menos que fazer.

E como sabe que elas não funcionam?

Eu já disse. Elas não funcionam.

Você garante?

Garanto.

Fechado. Vamos publicar.

5 comentários:

ellen disse...

eu publicaria.

ellen disse...

eu publicaria.

Marfim Cariado disse...

minha pequena grande lewis carrol, amo este texto muito mesmo

m. sagayama disse...

Quero escrever a introdução do livro!

Eu contribuiria com a minha receita de macarrão com molho de nutella e nescau. Uma vez fiz isso pros amigos jurando que ia ficar ótimo! Ficou tão bom, mas tão bom, que a gente usou pra sacanear os outros: chamávamos a pessoa pra vir comer e dizíamos "Cara, o Mario inventou um macarrão com molho de nutella e nescau! Você TEM que comer!". Respondiam: "Mas vocês não vão comer?". E nós: "Não, cara, a gente já comeu pra caralho! Guardamos só esse prato pra você porque gostamos muito, muito mesmo de você!"


Ah! Teve a vez também que eu fiz um miojo na sauna. Modo de preparo: ligar a sauna no máximo e esperar por mais de uma hora; colocar a água pra esquentar por 40 minutos; colocar o miojo por 10 minutos. E o melhor de tudo é que além de ficar mega pastoso, podemos economizar o temperinho porque o eucalipto da sauna dá todo o toque gourmet.

Se eu pensar bem, vou achar mais incontáveis receitas desastrosas

tha disse...

eu publicaria quase-qualquer receita de xully. tenhodito.