quinta-feira

MARIANNE MOORE

"Sou tão covarde
que se tivesse mágoa
ia senti-la por bom tempo;
não sou desses
que têm uma grande mágoa
de manhã e uma grande alegria à tarde"


Do poema Casamento

4 comentários:

Anônimo disse...

EU TE AMO PRA CARALHO!

uno mas disse...

quem não ama?

Ana Cristina Joaquim disse...

Jubi! O nome do livro do Augusto que vc pediu é VIVA VAIA. É um tigre árabe e o que vc chamou abstração é na verdade a caligrafia. Nele está escrito: "Em nome do Leâo de Deus, a face de Deus, o vitorioso Alah". Beijos, beijos. Em q lugar do corpo vc vai tatuar?

Ricardo Domeneck disse...

Esse poema da Moore é mesmo incrível. Não me lembrava que também funcionava tão bem em português!

abraço do

Domeneck