sábado

este é o meu resquício
pedaço de pele na página
o que fica a menor
presença, o rastro
o risco do vago

eu-superfície

os pés da bailarina sangram nas pedras
mas ela dança

ondas atrás

o segredo cifrado
o que teme, implora
e vence, está sempre
por baixo da casca
(e se desconhece)


*

meu poema publicado na revista Minotauro. o tema dessa edição era carne.
é uma revista linda que enche de orgulho.
você pode conseguir uma pelo email: minotauro.revista@gmail.com
tiragem: 500 exemplares numerados.


Nenhum comentário: